17 de nov de 2010

Amor e Perdão

   "Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?"
                                                                                                          Fernando Pessoa  



    Fui ensinado a amar e amar mais que o amor que as pessoas geralmente estão dispostas a amar. Me entregar, me dar, como um presente, de peito aberto. Os altos e baixos vêm e nos tira o sossego, mas o que fazer? Faz parte. Os erros fazem parte de uma jornada de aprendizado, de lições e correções. A vida é uma eterna escola e estamos nos envolvendo ao amor a cada dia como alunos que anseiam pelo mais completo amadurecimento desse sentimento. Escrevi há algum tempo que o errar é humano, reconhecer o erro, sim, aí é divino. Perdoar é mais simples do que aparenta ser, basta que a gente se deixe perdoar e ser perdoado.
  
                                            "Tão bom morrer de amor e continuar vivendo"
                                                                                       Mário Quintana

   Amar é bom e não tem medida.

   

3 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns.

Anônimo disse...

Simples e intenso. É isso aí...

Anônimo disse...

Muito boM!Mais uma vez vc caprichou!Parabens!Gostei muito!

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
;